07h00 - quarta, 21/07/2021

ULSLA paga parte da dívida
às corporações de bombeiros

ULSLA paga parte da dívida às corporações de bombeiros

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) procedeu, na passada semana, ao pagamento de 514 mil euros às corporações de bombeiros do Alentejo Litoral, o que corresponde a 55% da sua dívida global e a cerca de 80% da sua dívida vencida a estas corporações, apurou o "SW".
O pagamento deste montante surge depois da Federação dos Bombeiros do Distrito de Setúbal ter vindo a público denunciar a existência de uma dívida de cerca de meio milhão de euros da ULSLA às corporações da região, relativa a pagamentos de transporte de doentes desde janeiro de 2021.
Esta situação já tinha sido questionada pela deputada do PS eleita por Beja, Telma Guerreiro, na última audição parlamentar regimental com a ministra da Saúde, Marta Temido.
Depois, os deputados do PS eleitos por Setúbal e por Beja questionaram, por escrito, o Governo, através do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, sobre se estava "previsto um reforço orçamental" da ULSLA que possibilitasse "liquidar as dívidas às associações de bombeiros".
Os deputados questionaram ainda António Lacerda Sales sobre se estaria "previsto algum mecanismo de financiamento que assegure sustentabilidade à despesa corrente, nomeadamente a de transporte de doentes, evitando que a dificuldade se repita daqui a alguns meses".
Na questão apresentada no Parlamento, a que o "SW" teve acesso, os deputados do PS lembraram que " a pandemia afetou de sobremaneira a região", levando também a que na ULSLA "fosse necessário um esforço suplementar de pessoal e de horas de trabalho quer na prevenção e combate à pandemia, quer na vacinação, que ainda decorre com muito sucesso".
Ainda assim, afirmaram, "é notória a transformação positiva que se tem vindo a verificar em toda a ULSLA, testemunhado pela diminuição de doentes sem médico de família, diminuição de listas de espera em quase todas as especialidades ou pelo aumento da diversidade de carteira de serviços".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sexta, 30/07/2021
"Cultura Com Todos"
termina em Odemira
Dinamizar o território e apoiar os agentes culturais locais é o grande objetivo do programa "Cultura com Todos em Odemira", que a Câmara Municipal tem vindo a promover nas freguesias do concelho do Litoral Alentejano ao longo deste mês de julho.
07h00 - sexta, 30/07/2021
Milfontes em sobressalto com ruído e vandalismo
A população de Vila Nova de Milfontes, no concelho de Odemira, está indignada com o excesso de ruído, desacatos e atos de vandalismo provocados por um grupo de jovens que, todos os anos, passa férias na localidade.
07h00 - sexta, 30/07/2021
Nuno Góis candidato
da CDU à AM Odemira
Nuno Góis vai ser o candidato da CDU à Assembleia Municipal de Odemira nas próximas eleições Autárquicas, agendadas para 26 de setembro, anunciou a candidatura comunista na sua página oficial no Facebook.
07h00 - quinta, 29/07/2021
Odemira foi o concelho com
maior aumento de população
O concelho de Odemira foi o único em todo o Alentejo que aumentou a população residente na última década, segundo os dados preliminares dos Censos 2021, que foram revelados nesta quarta-feira, 28 de julho.
07h00 - quarta, 28/07/2021
Odemira reabre fundo
de apoio a agentes culturais
A Câmara de Odemira anunciou a reabertura do fundo municipal de apoio extraordinário aos agentes culturais, no valor total de 40 mil euros, no sentido de "minimizar" o impacto da pandemia na atividade dos artistas e associações do concelho.

Data: 30/07/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial