07h00 - sexta, 17/09/2021

Pedro Gonçalves (BE): "Odemira irá fazer história"

Pedro Gonçalves (BE): "Odemira irá fazer história"

O candidato bloquista à Câmara de Odemira, Pedro Gonçalves, acredita que terá um lugar na vereação do próximo executivo municipal.

Porque razão devem os odemirenses elegê-lo presidente do Município de Odemira?
Esta candidatura do Bloco de Esquerda (BE) em Odemira é o projeto que vai olhar de igual modo para o interior e para o litoral do concelho. O concelho de Odemira precisa de mudança, precisa de quem queira fazer mais por Odemira e que não esteja comprometido com o sistema vigente. Odemira neste momento é um concelho que em parte do seu território está capturado pelos "senhores" da agricultura intensiva, assente na violação dos direitos humanos do trabalhadores, nos químicos e no plástico, na sua área litoral. Um concelho abandonado e "eucaliptizado" em todo o seu território interior, onde os habitantes são vistos como odemirenses de segunda. Deverá haver uma aposta em todo o território, tratando o concelho como um todo e todos os seus habitantes de forma igual, independentemente da nacionalidade de origem, da condição social ou da cor partidária. Só o BE se constitui como verdadeira alternativa ao poder dominante e à alternância até aqui registada entre as outras forças de esquerda.

Dentro daquilo que é o vosso programa eleitoral, que áreas serão prioritárias para o mandato 2021-2025?
São vários os problemas do concelho, mas de modo resumido temos dois problemas centrais que urge resolver no imediato. O problema das vias de comunicação degradadas e sem condições e o problema da escassez de água com o qual nos vamos debater brevemente. Iremos lutar por um território mais acessível, com mais qualidade de vida, mais emprego, mais transportes, mais segurança, mais solidário, com mais cultura e mais desporto. Esbater as diferenças entre o interior e o litoral, promovendo uma verdadeira política descentralizadora, quer a nível socioeconómico, quer a nível da saúde e ambiente e com uma aposta sustentável na área do turismo. Não podemos no entanto esquecer a nossa luta pela mudança de paradigma no Litoral Alentejano e aí vamos continuar a afirmar convictamente "Nem mais uma estufa em Odemira"sem estarem resolvidos todos os problemas identificados no relatório da IGAMAOT em 2017.

Que projeto é essencial ser concretizado em Odemira?
O BE apresenta várias propostas que não caberiam em tão curto espaço, mas das quais destaco um programa municipal de habitação pública, que é a medida que permite baixar o preço das casas, o que é essencial para responder à crise. Nomeadamente, recuperar para a habitação o edificado público que está subaproveitado ou devoluto. Recuperar casas devolutas de proprietários privados sem recursos, ficando com as receitas do arrendamento para o Município até à recuperação do investimento e construir nova habitação onde e se necessário, com eficiência energética e planeamento que não reproduza os guetos habitacionais do passado.

O que será um bom resultado para a vossa candidatura na noite de 26 de setembro?
Foi a confiança de toda a equipa do BE de Odemira que nos trouxe até aqui e que nos vai levar a um resultado que esperamos histórico. Espero e conto com um bom resultado no dia 26 e é esse o sinal que temos recebido dos odemirenses. O BE deseja e vai aumentar a votação e o número de eleitos no concelho. Odemira irá fazer história e será aqui que elegeremos o primeiro vereador e o primeiro presidente de junta de freguesia para o BE no Alentejo.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quinta, 28/10/2021
Câmara e comunidade
apoiam Fluvial Odemirense
A Câmara de Odemira está a avaliar "a dimensão do apoio financeiro a atribuir" ao Clube Fluvial Odemirense (CFO), cujas instalações foram destruídas por um incêndio, que teve causa humana, na madrugada de 9 de outubro.
07h00 - terça, 26/10/2021
Câmara de Odemira vai
continuar a apoiar os bombeiros
O presidente da Câmara de Odemira afirmou que a autarquia mantém disponibilidade para continuar a apoiar os Bombeiros Voluntários locais e encontrar soluções para a melhoria das condições de trabalho da corporação.
07h00 - segunda, 25/10/2021
Odemira promove
aulas de viola campaniça
O Centro de Valorização da Viola Campaniça e do Cante de Improviso, com sede em São Martinho das Amoreiras, no concelho de Odemira, iniciou neste ano letivo um novo ciclo de ensino, "regular e gratuito", sobre a arte e tradição da viola campaniça, com aulas em sete localidades.
07h00 - domingo, 24/10/2021
Espetáculo "UNLOOP"
apresentado em São Luís
O projeto artístico interdisciplinar "UNLOOP", de David Negrão e Sara Montalvão, criado em contexto de residência artística no Alentejo, é apresentado em estreia neste domingo, 24, no Espaço Cultivamos Cultura, em São Luís.
07h00 - sexta, 22/10/2021
Performance de malabarismo
poético chega a Odemira
A zona ribeirinha de Odemira recebe neste sábado, 23, pelas 16h00, a performance de malabarismo poético "A Grande Errância", promovida no âmbito do projeto "Lavrar o Mira e a Lagoa – As Artes Além Tejo".

Data: 15/10/2021
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial