07h00 - quarta, 22/03/2023

Renascente quer árbitro punido por "erro técnico"

Renascente quer árbitro punido por "erro técnico"

O Renascente de São Teotónio acusa o árbitro Luís Ralha de Matos, que no domingo, 19, dirigiu a partida entre o emblema do concelho de Odemira e o Mértola United, a contar para a Taça do Distrito de Beja e que os mertolenses venceram, de desconhecer as leis do jogo e pede "a competente sanção disciplinar" e a "imediata suspensão" do juiz.
A posição da direção do Renascente de São Teotónio, já comunicada ao Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Beja (AFBeja) e à Federação Portuguesa de Futebol (FPF), surge depois de Luís Ralha de Matos ter, segundo o clube, cometido um "erro grosseiro na aplicação das regras do jogo".
Em causa está um lance ocorrido aos 85 minutos, quando o jogo estava empatado a zero, em que o árbitro invalidou um golo de Dieguinho na recarga a uma grande penalidade apontada pelo próprio. O jogo seguiu depois para prolongamento, terminando empatado a uma bola nos 120 minutos e com os forasteiros a vencerem nas grandes penalidades (3-4).
Segundo a exposição apresentado pelo Renascente de São Teotónio à AFBeja e à FPF, a que o "SW" teve acesso, "após a conversão da grande penalidade, a bola embateu na parte inferior do poste esquerdo, foi desviada pelo guarda-redes [do Mértola United] e o mesmo jogador Dieguinho acabou por introduzi-la na baliza".
Contudo, continua a exposição, que tem por base um vídeo do lance, o golo foi invalidado pelo árbitro "com o argumento de que o executante não podia proceder à recarga".
"[Luís Ralha de Matos] esqueceu-se que esta regra comporta uma exceção: o executante não pode proceder à recarga sem que a bola tenha tocado noutro jogador. A bola tocou no guarda-redes", acrescenta o clube, considerando que foi um golo "perfeitamente legal" e que o árbitro "cometeu um erro técnico, grosseiro, a dois metros do local e prejudicou a verdade desportiva".
A par desta situação, o Renascente de São Teotónio acusa ainda o árbitro da partida de, "com a sua atitude truculenta e incompetente, estragar o domingo a todos quantos assistiram ao jogo […] num dia que a direção tinha definido como dia da família, aproveitando a coincidência de se jogar no Dia do Pai".
Por tudo isto, a direção do Renascente de São Teotónio exige "a competente sanção disciplinar" ao árbitro Luís Ralha Matos "e a sua imediata suspensão".


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sábado, 25/05/2024
Prova de canoagem
de mar liga Sines
a Vila Nova de Milfontes
Realiza-se neste sábado, 25, a terceira etapa do Campeonato Nacional de Canoagem de Mar SURFSKI-SW Alentejano, que vai ligar Sines a Vila Nova de Milfontes.
07h00 - terça, 07/05/2024
CM Sines lança concursos
para cinco empreitadas
A Câmara de Sines acaba de lançar os concursos públicos para cinco empreitadas nas áreas da habitação, das acessibilidades e dos serviços urbanos, num investimento total que ascende a quase 4,5 milhões de euros.
07h00 - segunda, 06/05/2024
Porto de Sines "estreita"
relação com portos mexicanos
Uma comitiva mexicana, liderada pela embaixada deste país em Lisboa e constituída por representantes dos estados de Oaxaca e Veracruz, bem como por empresários de diferentes ramos de negócio, visitou na passada semana o Porto de Sines.
07h00 - quinta, 02/05/2024
Espaço ATL de
Sines tem novo
relvado sintético
A Câmara de Sines instalou um novo campo em relva sintética no ATL "A Gaivota", num investimento de 28 mil euros realizado no âmbito do plano de remodelação dos equipamentos desportivos e lúdicos da rede escolar do concelho.
07h00 - quarta, 24/04/2024
Alunos de
Mação visitaram
concelho de Sines
Um grupo de alunos de Mação, no distrito de Santarém, visitou na passada semana o concelho de Sines, no âmbito da edição deste ano do programa "Partilha com Energia", da empresa EDP.

Data: 17/05/2024
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial