07h00 - sexta, 22/03/2024

Três alunas de
Odemira premiadas
em Itália

Três alunas de Odemira premiadas em Itália

As jovens Ana Ramos, Bruna Matos e Mariana Gonçalves, naturais do concelho de Odemira, conquistaram a medalha de prata no Concurso Italiano para Jovens Cientistas "I Giovani e le Scienze", realizado anualmente em Milão (Itália) e onde representaram Portugal com uma investigação sobre o potencial de alguns fungos para a biodegradação de polietileno.
Na competição apresentaram-se a concurso 35 projetos de pesquisa em diversas áreas do conhecimento humano realizados por "jovens cientistas", provenientes de países como Itália, Bélgica, Brasil, México, Luxemburgo, Portugal, Espanha, Taiwan, Turquia e Tunísia.
Ana Ramos, Bruna Matos e Mariana Gonçalves acabaram por garantir o segundo lugar no concurso com um trabalho concebido no ano letivo de 2022-2023, quando as três jovens, todas a frequentar o ensino superior atualmente, eram alunas do Agrupamento de Escolas de Odemira e faziam parte do seu Clube de Ciência Viva/BIGEO, coordenado pela professora Paula Canha.
Para a docente, este tipo de prémios numa competição internacional "dão sempre aos alunos mais confiança em si mesmos".
"E nós necessitamos de jovens que acreditem que podem melhorar o mundo, por exemplo através da ciência e das soluções que ela pode trazer. Muitas vezes os nossos alunos duvidam das suas capacidades e competências. Estes concursos, nacionais e internacionais, mostram-lhes que eles são capazes", acrescenta Paula Canha ao "SW".
A professora elogia ainda o empenho de Ana Ramos, Bruna Matos e Mariana Gonçalves, que "passaram muito tempo no laboratório" e "muitas horas a discutir resultados, a arranjar explicação para resultados inesperados ou a inventar soluções para metodologias que não funcionaram".
"Agora recebem o reconhecimento por um trabalho sério e persistente", reforça.
O prémio de Ana Ramos, Bruna Matos e Mariana Gonçalves foi alcançado com uma investigação sobre o potencial de alguns fungos para a biodegradação de polietileno, motivada pelo facto de, no concelho de Odemira, a acumulação de resíduos plásticos ser um problema de extrema importância, tendo em conta o seu uso frequente para cobertura de estufas.
Para tal, as alunas testaram se os fungos Penicillium digitatum e Pisolithus tinctorius teriam capacidade de degradação de polietileno usado em estufas e descartado, tendo chegado à conclusão que o primeiro "tem maior capacidade" que o segundo.
"Mas os resultados mais promissores foram obtidos com o consórcio entre os dois", revela a professora Paula Canha, para quem "as soluções baseadas na natureza são sempre preferíveis, pois os organismos vivos degradam os resíduos de forma limpa e energeticamente mais eficiente do que qualquer linha industrial".
"Este trabalho é um contributo muito pequenino, ainda sem a capacidade de ser transposto para a prática. Contudo, para três jovens de 17 anos, foi um grande contributo", conclui a docente.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quarta, 10/04/2024
GNR apreendeu
125 artigos contrafeitos
no mercado de Alcácer
A GNR apreendeu, no sábado, 6, um total de 125 artigos contrafeitos no mercado mensal no concelho de Alcácer do Sal, tendo uma mulher, de 38 anos, sido constituída arguida por contrafação.
07h00 - domingo, 03/03/2024
Líder do PCP
faz campanha em
Alcácer do Sal
O secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, vai estar neste domingo, 3, em Alcácer do Sal, em ações de campanha para as eleições Legislativas de 10 de março.
07h00 - segunda, 05/02/2024
Câmara de Alcácer
apoia para-ciclista
do concelho
A Câmara de Alcácer do Sal financiou a aquisição de uma bicicleta adaptada para o para-ciclista Miguel Pacheco, natural do concelho e que tem como objetivo de chegar aos Jogos Paraolímpicos de 2024.
07h00 - segunda, 29/01/2024
Projeto-piloto de
telecontagem de
água em Alcácer
A Câmara de Alcácer do Sal vai iniciar, durante o próximo mês de fevereiro, a implementação de um projeto-piloto de telecontagem para o consumo de água, visando a melhoria contínua da qualidade do serviço prestado aos utilizadores.
07h00 - terça, 23/01/2024
Utentes de Alcácer
do Sal criticam
degradação do IC1
As comissões de utentes de Alcácer do Sal criticam a degradação de um troço do Itinerário Complementar 1 (IC1) naquele concelho, considerando tratar-se de "um perigo constante para os automobilistas" devido ao "pavimento degradado e buracos".

Data: 05/04/2024
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial