07h00 - terça, 21/05/2024

Comissão de Utentes do Concelho
de Odemira apresenta propostas

Comissão de Utentes do Concelho de Odemira apresenta propostas

A construção "urgente" da nova Extensão de Saúde de Vila Nova de Milfontes e a reabertura da Extensão de Saúde de Luzianes-Gare foram duas das propostas apresentadas pela Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Concelho de Odemira (CUSPCO) no Fórum da Saúde, que se realizou no sábado, 18.
Na iniciativa foi promovida pela Assembleia Municipal de Odemira, a CUSPCO apresentou alguns problemas sentidos no concelho ao nível da saúde, considerando que este setor "está a passar um mau momento".
"Os odemirenses estão confrontados com dificuldades de acesso aos cuidados de saúde", afirma a Comissão de Utentes em comunicado enviado ao "SW".
Como exemplos são apontados o facto de "há mais de 20 anos" ser esperada uma nova Extensão de Saúde em Vila Nova de Milfontes e de 30% dos 9.000 utentes da freguesia de São Teotónio não terem médico de família.
A CUSPCO observa ainda, entre outras notas, que em Luzianes-Gare "há mais de 10 anos" que a Extensão de Saúde foi encerrada e que "as obras prometidas em novembro de 2023 e muito aguardadas na Extensão de Saúde de Almograve ainda não iniciaram".
A par disso, acrescenta "os Balcões SNS 24 (Teleconsulta) instalados em Bicos e Luzianes-Gare, não resolvem o problema das extensões de saúde encerradas, até pelo contrário, agrava ainda mais a precariedade do Serviço Nacional de Saúde".
Tudo isto leva o CUSPCO a propor, para o concelho de Odemira, a "construção urgente da nova Extensão de Saúde de Vila Nova de Milfontes" e o alargamento do horário da atual resposta, assim como a "reabertura da Extensão de Saúde de Luzianes-Gare" e a "colocação de médico de família nas diversas Extensões de Saúde, com a periodicidade de, no mínimo, uma vez por semana".
Para o território do Alentejo Litoral, a Comissão de Utentes defende a contratação de profissionais de saúde, a adoção de medidas que atraiam médicos, enfermeiros, entre outros profissionais, "em número suficiente, para as necessidades existentes, bem como a valorização salarial e das carreiras".
A CUSPCO propõe igualmente, entre outras medidas, a abertura de concursos para ocupação de vagas de Assistente Graduado Sénior para o Hospital do Litoral Alentejano (HLA), a atribuição de médico de família "a todos os utentes" e a construção de uma maternidade no HLA.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - quarta, 19/06/2024
Operação de
esterilização de gatos
errantes em Grândola
A equipa do Gabinete de Veterinária da Câmara de Grândola capturou, esterilizou e libertou 159 gatos errantes no concelho, na semana passada, tendo ainda recolhido 32 gatinhos que estão disponíveis para adoção.
07h00 - terça, 18/06/2024
Câmara de Grândola atribui
mais de 1ME às juntas de freguesia
A Câmara de Grândola vai atribuir, neste ano de 2024, mais de um milhão de euros às juntas de freguesia do concelho, no âmbito dos acordos de delegação de competências e de protocolos de colaboração.
07h00 - segunda, 17/06/2024
Criminalidade voltou a aumentar
no Alentejo Litoral em 2023
A criminalidade aumentou, pelo quarto ano consecutivo, nos cinco concelhos do Alentejo Litoral, onde foram registados mais 161 crimes participados em 2023 face ao ano anterior.
07h00 - segunda, 17/06/2024
Câmara de Grândola
alerta para falta de
condições da estação
O presidente da Câmara de Grândola, António Figueira Mendes, alertou para a falta de condições da Estação Ferroviária, salientando a importância deste serviço na "mobilidade do concelho e da região".
07h00 - quinta, 06/06/2024
Desafios do turismo no
Alentejo Litoral "em reflexão"
A Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo promoveu nesta quarta-feira, 5, em Grândola e na Comporta, sessões de trabalho sobre os desafios do setor no território do Alentejo Litoral.

Data: 14/06/2024
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial