17h09 - quinta, 02/05/2024

Sines, a expansão da cidade depois do porto (6)


Silvano Silva
O artigo aborda as mudanças no território de Sines devido à implementação do complexo industrial e do porto de águas profundas. As características naturais da Costa de Sines, aliadas à sua posição estratégica, proporcionaram as condições ideais para o desenvolvimento de um porto de águas profundas. Este porto trouxe à cidade de Sines um maior conforto económico. No entanto, a própria cidade acaba por ser prejudicada pelas condições naturais que possibilitaram a construção do porto; os diversos trabalhos realizados no território acabaram por estrangular o aglomerado urbano em detrimento de vários equipamentos portuários e industriais. O objetivo do trabalho é traçar uma linha transversal da cidade de Sines ao longo da construção do porto.

As alterações na cidade
Sines 1982 – O complexo de Sines continuou a crescer, com a construção da central termoelétrica em 1979 e do terminal 'multipurpose' em 1986, constituindo as principais obras da região após o terminal de granéis líquidos.
Naturalmente, o aumento da indústria provocou um aumento populacional significativo. Segundo Alcídio Carvalho,
a explosão demográfica de 1972 a 1976, causada pelo empreendimento, não foi acompanhada por um aumento proporcional na construção. Esses fatores levaram ao agravamento das condições habitacionais, resultando no surgimento de alojamentos precários na cidade (Carvalho, 2005. P.70).
O caráter da cidade muda drasticamente com a chegada da indústria. Apesar dos planos para "acomodar" a diversa população que iria chegar a Sines, as infraestruturas não tiveram capacidade para acompanhar. O crescimento urbano, como se pode verificar nos mapas, começa a expandir-se significativamente, avançando em direção às instalações industriais.
Em 1979, teve início a construção da central termoelétrica, localizada a cerca de seis quilómetros a sudoeste da cidade. Era a central de maior potência instalada em todo o país, e a sua construção foi concluída em 1989. (Faria, 2003. P. 12). A instalação desta central também contribuiu para a alteração da linha costeira com a implantação dos molhes, que por sua vez "desenharam" um novo limite na costa e reforçaram o cinturão industrial ao redor da cidade de Sines.

Sines 2018 – As últimas obras e as consequentes alterações no complexo de Sines incluíram a construção do terminal XXI. Este terminal é responsável pelos milhões de toneladas anuais de carga contentorizada que o porto de Sines movimenta. De importância estratégica fundamental para o porto, o Terminal XXI é o principal responsável pelo transbordo em Sines, sendo a principal atividade do porto. Desde a sua construção, o terminal já passou por obras de ampliação para aumentar sua capacidade de atracação dos navios "mãe" das rotas internacionais (APS. SA, 2016).
A implantação deste complexo em Sines contribuiu significativamente para a evolução do concelho. De acordo com os Censos, a evolução da população residente foi notável, conforme os seguintes dados: em 1960, Sines tinha uma população residente de aproximadamente 8.866 habitantes; em 1981, esse número aumentou para 12.075; em 2001, registou-se um total de 13.577 habitantes; e em 2021, Sines contava com 14.198 habitantes (INE).
Apesar dos problemas relacionados com a poluição e as diferentes instalações industriais que cercam a cidade, o papel do complexo industrial foi fundamental no desenvolvimento de Sines, devido às necessidades humanas associadas a ele.


Trulli
Fig.26. Fotografia Aérea Reconhecimento do território 1983. Direção-Geral do território (1983). Fotografia aérea de reconhecimento do território




Trulli
Fig.27. Planta 1983 esc. 1_60000. Planta de Sines, (1983) Projeto Avançado III / IV 2015/2016 Universidade de Évora. Tratamento Final o autor




Trulli
Fig.28. Fotografia Aérea Reconhecimento do território 2015. Ortofotomapa, universal maps (2015)




Trulli
Fig.29. Planta 2018 esc. 1_60000. Planta de Sines, (2018) Projeto Avançado III / IV 2015/2016 Universidade de Évora. Tratamento Final o autor





COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - sábado, 25/05/2024
Prova de canoagem
de mar liga Sines
a Vila Nova de Milfontes
Realiza-se neste sábado, 25, a terceira etapa do Campeonato Nacional de Canoagem de Mar SURFSKI-SW Alentejano, que vai ligar Sines a Vila Nova de Milfontes.
07h00 - sexta, 24/05/2024
Iniciativa em Odemira
para promover a
saúde do coração
Palestras, rastreios de saúde e atividades desportivas são alguns dos destaques da iniciativa "Tudo em Prol do Coração", que a Câmara de Odemira promove nesta sexta-feira, 24, para divulgar hábitos de vida saudáveis entre a população, como a prática regular de atividade física e uma alimentação equilibrada.
07h00 - sexta, 24/05/2024
23 praias do Alentejo Litoral com "Qualidade de Ouro"
O Alentejo Litoral vai contar, no verão de 2024, com um total de 23 praias com o galardão de "Qualidade de Ouro", atribuído pela associação ambientalista Quercus para distinguir anualmente a qualidade da água balnear das praias portuguesas, com base na informação pública oficial disponível.
07h00 - sexta, 24/05/2024
Obras de reparação
avançam na ER 261
em Melides
A Infraestruturas de Portugal (IP) tem em curso obras de reparação do pavimento da Estrada Regional 261 (ER261) em Melides, no concelho de Grândola, obrigando o trân-sito no local a circulação alternada.
07h00 - sexta, 24/05/2024
Torneio de andebol masculino e
feminino no concelho de Odemira
As seleções de andebol sub-14 (femininas e masculinas) do Algarve, Madeira, Setúbal e Huelva (Espanha) participam, neste fim de semana, 24 a 26 de maio, na edição deste ano do Torneio Sudoeste Andebol Cup.

Data: 17/05/2024
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial