07h00 - terça, 29/11/2022

Ensino superior já é
realidade em Odemira

Ensino superior já é realidade em Odemira

"Um passo muito sério para a vida" dos "alunos e para o concelho de Odemira" – é desta forma que o presidente da Câmara de Odemira, Hélder Guerreiro, classifica a chegada do ensino superior ao município do Litoral Alentejano.
As aulas do curso técnico superior profissional (CTeSP) de Desporto, Lazer e Bem-Estar do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) arrancaram nesta segunda-feira, 28, na Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves, em Gonçalves, depois de na sexta-feira, 25 se ter realiza uma receção aos alunos e docentes.
O arranque deste CTeSP em Odemira é "fruto" do protocolo celebrado, em julho, entre a Câmara de Odemira e o IPBeja, tendo em vista "o desenvolvimento das condições necessárias ao funcionamento de cursos de ensino superior no concelho".
Mais tarde, em outubro, foi assinado novo protocolo de colaboração entre o Politécnico, a Câmara Municipal e o Agrupamento de Escolas de Odemira para a implementação do CTeSP de Desporto, Lazer e Bem-Estar no concelho.
"Este é um passo muito sério para a vida destes alunos e para o concelho de Odemira", pois fomos capazes de implementar o ensino superior e queremos agora consolidar o processo, para que possamos construir o nosso futuro", frisou Hélder Guerreiro na cerimónia de receção a alunos e docentes.
O autarca odemirense aproveitou a ocasião para sublinhar que "era uma ambição do município concretizar esta oferta formativa e o IPBeja lançou o desafio irrecusável" de a iniciar já neste ano letivo, "apesar de não ter sido fácil".
Por isso mesmo, Hélder Guerreiro destacou a "atitude de proativa do IPBeja para com Odemira", a "disponibilidade imediata" da Escola Secundária e o "interesse" de alunos e docentes, esperando que seja possível criar em Odemira "um espaço de excelência formativa na área do desporto" e ter, em 2023-2024, "mais turmas de outros cursos".
Também presente na cerimónia, o vice-presidente do IPBeja, Nuno Loureiro, afirmou ser "muito bom estar a marcar o futuro de Odemira com o ensino superior", explicando que a instituição encontrou "nesta convicção dos presidentes do IPBeja e da Câmara Municipal de Odemira uma oportunidade de sair do campus", onde está a sua dinâmica, "e alargar a sua presença no território".
Nuno Loureiro frisou ainda que o processo de ensino entre Odemira e Beja será "um processo de permuta, de rigor e exigência para alunos a docentes" e que o curso será acompanhado em Odemira por Maria Margarida Pereira, presidente do conselho científico do IPBeja.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado

07h00 - segunda, 28/11/2022
Câmara de Odemira atribui
178 mil euros aos clubes desportivos
A Câmara de Odemira vai atribuir um total de 178.
07h00 - segunda, 28/11/2022
Renascente e
Odemirense ganham,
Milfontes goleado
As equipas do Renascente de São Teotónio e do Odemirense somaram neste domingo, 27, mais uma vitória no campeonato distrital da 1ª divisão de Beja.
07h00 - domingo, 27/11/2022
Odemira homenageia cante
alentejano com nova escultura
Um monumento ao cante alentejano vai ser inaugurado em Odemira neste domingo, 27, para comemorar os oito anos de classificação como Património Cultural Imaterial da Humanidade deste canto polifónico típico da região.
07h00 - sábado, 26/11/2022
Eleições na
Secção de Odemira
do PSD
Os militantes do PSD no concelho de Odemira vão este sábado, 26, às urnas, para escolher a nova comissão política, com o atual presidente Luís Bernardo Freitas a ser o único candidato.
07h00 - sexta, 25/11/2022
Matias Baço: "O que me apaixona no bodyboard é o não haver limites"
Residente em Vale Juncal, na freguesia de São Teotónio (concelho de Odemira) e atleta do Núcleo de Bodyboard da Zambujeira do Mar, Matias Baço acaba de se sagrar campeão nacional de sub-14.

Data: 25/11/2022
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial